domingo, 25 de outubro de 2015

PARÓQUIA PROMOVE JANTAR EM FAVOR DE SUA AMPLIAÇÃO


A Paróquia São João Eudes, no bairro Luciano Cavalcante, nas proximidades da Câmara Municipal de Fortaleza, promoveu, na noite desta quinta-feira, dia 22, um jantar-adesão em prol da reforma das salas de catequese e da secretaria da  Capela Menino Deus (Igreja Matriz) e recebeu o apoio dos paroquianos, que lotaram o Full Time Buffet.



Os paroquianos começaram a chegar ao Buffet por volta das 19 horas e só começaram a sair, a partir das 22 horas, quando se desenrolava uma apresentação da dupla de cantores,  formada pelos padres Luís Gabriel (solo) e Juan Carlos (violão). Os dois aproveitaram para “matar” a saudade de sua terra natal, que é a Colômbia, juntamente com  o Padre Johnja Lopez  novo formador dos eudistas, em Fortaleza,que estava numa mesa, acompanhado pelos seminaristas.



SAGRADO CORAÇÃO

Na terça-feira, dia 20, foi concelebrada uma missa solene, em honra ao Sagrado Coração de Jesus, às 19 horas, na Igreja Matriz, presidida pelo padre Luís Gabriel e a participação dos padres Juan Carlos e Johnja.


GRANDE CORAÇÃO

São João Eudes (1601-1680), fundador da Congregação Jesus e Maria, foi proclamado pelo papa Pio X como o “Pai, Apostolo e Doutor” do culto litúrgico ao Coração de Jesus. Foi o primeiro na história da Igreja que promoveu e fez celebrar solenemente a festa deste Grande Coração, no dia 20 de outubro de 1672.  

São João Eudes, segundo um folder distribuído depois da celebração, se distinguiu na Igreja por seu amor à missão e como teólogo, místico, confessor e escritor cantou as maravilhas do Coração Divino.



quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Pequenos festejam o dia das crianças na Comunidade Nossa Senhora da Libertação.



Foto: Guilherme Araújo


Repórter: Mattheus Rodrigues

Cerca de 200 crianças da Paróquia São João Eudes, tiveram um momento fraterno nesta segunda-feira, 12, na Comunidade Nossa Senhora da Libertação, na comemoração do dia das crianças, com diversas interações aos pequenos, como pula-pula, piscina de bolinhas, brincadeiras e desenhos à colorir.

As crianças também ganharam carrinhos, bonecas, bolas e outros brinquedos, além de lanches e bombons, na ocasião deixando-o alegres e felizes.

O evento começou às 08 da manhã e terminou por volta do meio-dia.

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Evento organizado pela JME, reúne 300 pessoas, em noite de show com Missionário Shalom e Banda Louvor Santo.




Pela segunda vez a Juventude Missionária Eudista (JME) conseguiu trazer uma das bandas de mais influência pelo público jovem católico, o Missionário Shalom, em evento acontecido sexta-feira, 02, no Sítio Montividéu.

Dando-se início às 20 horas, houve uma preparação para receber o grupo da Comunidade Shalom; Integrantes da JME animaram os presentes, com 30 minutos de animação, seguido por uma pausa.

Qual o significado deste evento?

- O intuito mesmo deste evento foi na questão mesmo de fazer um momento de fraternidade. Nós também estamos promovendo uma gincana de solidariedade; Nós fizemos uma arrecadação de roupas para um evento que vai ter, dentre alguns dias, dia 10 (dez), é o "Fashion Day", e nós também estamos arrecadando brinquedos para promover o momento do dia das crianças, na Comunidade Nossa Senhora da Libertação e esse evento vem somente para agregar mesmo, a nossa gincana, até a gente sair da rotina de "tá" trabalhando e fazendo um momento de fraternidade, um momento de louvor, entre nós de jovens. Disse Joiziano Brandão, porta-voz do evento.

Vocês devem está muito felizes, receber por mais uma vez, a banda Missionário Shalom?

- Com certeza. É uma felicidade enorme, poder receber a banda Missionário Shalom, aqui na nossa Paróquia, na nossa comunidade. Nós sabemos da forte influência que essa banda ela tem sobre nossa juventude em Fortaleza e nós não temos como medir essa alegria de poder receber novamente o Missionário Shalom aqui em nossa casa. Revelou o porta-voz.

Para a realização desse evento, cerca de 40 jovens estiveram fazendo parte da organização.

Às 20h45, subiu ao palco principal, Louvor Santo, banda que há seis anos integra o Hall da música católica, com singles autorais e de outras bandas, como 'Alto Louvor' e 'Shalom God', aquecendo a multidão à espera dos missionários.

LOUVOR SANTO:

O repertório da banda Louvor Santo, é 70% de música autoral?

 - Matematicamente seria mais ou menos isso aí. Mais assim, o nosso repertório, a gente trabalhou. A banda quando foi constituída, já veio composta com músicas criadas por outros próprios integrantes da banda; o cara do cavaco, o cara da bateria, o back. Então assim, a gente já tem um "cdzinho" completo, já pronto que a gente tá trabalhando, que a gente quer divulgar para o público e a gente tem muitas músicas de 'Alto Louvor', 'Shalom God', que a galera já conhece, a galera precisa se turmar, aí depois a gente joga a nossa, se diverte, dança. O que a gente proporciona mesmo é mais animação, felicidade e encontrar Cristo, através de um ritmo tão diferenciado. Falou Emanuel.

São quantos anos de Louvor Santo?

 - Olha, Louvor Santo vem numa caminhada de mais ou menos 6 anos. Eu (Emanuel), assim, são idas e voltas, complicações, pessoas que desistiram pela oferta do mundo e voltamos hoje. A gente já vem 6 meses parado, estamos voltando agora, fez um mês em agosto e a gente já vem participando de festivais, a gente já quer divulgar o nosso nome, quer crescer, ganhamos maturidade em questão de música, ganhamos maturidade em questão de visão evangelizadora e vamos crescer cada vez mais, se Deus quiser.

A Banda Louvor Santo, que esteve se apresentando no evento, participou recentemente do Festival da Comunicade Recado, onde receberam propostas para participar de outros eventos e festivais.

Emanel fala a escalação da Banda Louvor Santo:

- Vitória no gol; Emanuel e Felipe na zaga; volante Jonas na batera e o Fred do baixo; no meio de campo os dançarinos David e Luíse; na lateral Jeova e Filipe; no ataque a galera da percussão, que chega destruindo e é Louvor Santo. Escalou Emanuel.

Por volta das 21h25, enfim chegava  a vez da apresentação tão aguardada pelo público, o Missionário Shalom, que começaram de pé direito, levantando a galera presente com músicas do Cd 180 Graus e de outros álbuns que marcaram a história da banda.

ACOMPANHE A ENTREVISTA COM O GUSTAVO OSTERNO: 

Mais uma vez Missionário Shalom, em evento organizado pela JME?

- É uma alegria novamente  está aqui, depois, a gente veio antes do DVD, agora depois do DVD, com tudo uma graça, vendo a explosão de graça foi o dia da gravação e agora colhendo os frutos e preparando para que eles saiam o mais rápido possível.

Como são feitas as músicas do Missionário Shalom? Existe alguma equipe da banda que faz a construção do single?

- A gente tem a graça muito grande, que a partir do CD 180 Graus, as músicas passaram a ser construídas dentro do próprio ministério, isso foi uma graça muito grande; as composições do Morelzinho, as minhas composições com outros irmãos, então vai fazer uma grande mistura e chegando a um ritmo, que vai dando uma crescente no Missionário. Então é um mistério. Às vezes se pega músicas de outros irmãos, mas nós temos a graça de hoje viver em composição, cantando a nossa missão e aquilo que nós vivemos na missão."

Já tem a data prevista para o lançamento do DVD 180 Graus?

- Esse ano... Assim, se não sair em dezembro, sai no comecinho de janeiro. Mas o previsto é para esse ano.

Saiba a Set List do Missionário Shalom para o dia do evento:

A Santidade eu vou buscar

Tempo (Medley)

Oxigênio (O2)

Ele Vencerá
Conto Contigo

Oferta

Sou Todo Teu

Reggae Missionário
Estrangeiro

ACOMPANHE A ENTREVISTA COM A DÉBORA PIRES: 

Débora, que tem 4 (quatro) anos de Missionário Shalom e 10 (dez) anos de Comunidade começou sua caminhada em 2005 na Comunidade Aliança e ingressou na Comunidade Vida em 2007.

Quais foram as missões mais marcantes de sua vida?

- Olha, depois da JME de 2013, lá no Rio que foi assim, uma experiência única "pra" gente também, a gente teve várias oportunidades de cantar no palco principal e... A gente pode cantar músicas com composições nossa, com o Papa sobrevoando ali a praia de Copacabana, quase pra chegar e a gente cantando, dias de experiência única pra gente. E depois disso, claro que a gravação do DVD do Missionário, que é um marco "pra" toda comunidade, não só para o Missionário Shalom, mas "pra" toda comunidade. Uma experiência, é... Indescritível, porque a gente nunca tinha vivido isso como comunidade, como ministério e a gente ali pode viver primeiro uma grande obra de Deus em nossa vida. Deus, se utilizou do DVD "pra" realizar uma grande obra de salvação, de retorno, de recomeço, de conversão, de santidade em nossas vidas. Então essas duas, creio que são os principais marcos na vida do Missionário Shalom.

Qual a experiência de ter gravado um clipe, literalmente nas alturas?

- Foi uma experiência também muito diferente. Confesso que me deu um "friozaço" na barriga, quando eu subi naquele heliporto e eu ver "meu Deus do céu aqui é muito alto. Pelo amor de Deus." mais foi uma experiência, foi um clipe, o roteiro do clipe foi muito criativo, uma sacada muito legal, porque é muito atual, tanto a música, o arranjo musical, o clipe também. Foi uma experiência muito legal, sabia? É que eu sai de lá querendo gravar mais clipe; "Meu Deus eu quero mais, eu quero mais." foi muito bom mesmo.

ACOMPANHE A ENTREVISTA COM O RAFAEL MOREL: 

Foram quantos dias para a realização do Clipe Oxigênio (O2)?

- Assim, nós demoramos alguns dias, elaborando, pensando, projetando, contactando algumas pessoas; quem que iria dançar, quais seriam às cenas. Mas de execução mesmo, foi em um dia só. O Gustavo gravou a dele pela manhã, a Débora à tarde e eu (Morel) à noite e no final do dia, a gente foi no mesmo local gravar as últimas cenas. Então foi tudo corrido, foi tudo num dia só, mas com a graça de Deus, deu muito certo, porque a gente se planejou bem antes; rezamos, pensamos como seria às cenas. Com a graça de Deus, foi providenciando os meios, também, as pessoas certas e com a graça de Deus, conseguimos executar esse clipe, que para nós, foi uma surpresa também de qualidade que ele conseguiu ter.

Foram mais ou menos quantos apoios, para a realização desse clipe?

- Os apoios são mais de amigos, pessoas da comunidade, pessoas próximas à nós e uma estrutura de áudio e vídeo que nós contratamos, sempre contratamos pra isso. Mais de estrutura de dança, de tudo mais, são amigos, tanto que a cena que eu faço correndo, é na casa de uma irmã de comunidade, a Débora também. Tudo o que nós fomos conseguindo, foi contato de irmãos, que podem também, que são acessíveis que nos oferecem e que nós vamos buscando. Então, tudo é mesmo providência de Deus, nós vamos rezando e em busca naquele que podem nos ajudar e por graça de Deus, os irmãos sempre aparecem e se dispõem e dá tudo certo.

Ainda foi tocada uma nova música nova que não estava no repertório. Por conta do lançamento Gustavo pediu para que não gravassem, pois o single é em primeira mão.

O evento terminou por volta das 23 horas e garante ter novas edições.

APOIOS DO EVENTO:
Bill Esfiha
IPA
Idinha
Zenaide
Nayara Bessa